8 de junho de 2020

COVID-19 - GRÁFICOS MOSTRAM ACENTUADA QUEDA DOS ÓBITOS EM RELAÇÃO AOS INFECTADOS EM ITAITUBA/PA

0
Desde o registro do primeiro caso em Itaituba em março do corrente ano, o prefeito Valmir Climaco (MDB) ciente dos problemas que poderiam advir da recém declarada pandemia, procurou tomar todas as medidas possíveis e ao seu alcance, e algumas medidas serviram de chacotas, como a de manter todas as portas e janelas abertas dos órgãos da Prefeitura de Itaituba, bem como desligar todas as centrais de ar condicionado; medidas que mais tarde, após pesquisas na China e no Japão, revelaram-se eficazes. 

Porém, apesar dos esforços do prefeito Valmir, de seu Secretário de Saúde, Adriano Coutinho, e equipe, e de boa parte da população em combater o coronavírus, ainda têm os teimosos renitentes que andam sem máscara, a usam de forma inadequada, geralmente pendurada na orelha ou abaixo do queixo e/ou fazem aglomerações. Tudo isso concorre, e muito, para o grande aumento dos casos registrados de covid-19, sem contar as subnotificações que, conforme relatos de autoridades médicas-sanitárias, é muito grande.

Assim, diante desse quadro que parece não ter fim, o blog pediu ao economista Alexandre Sussuarana, que demonstrasse, através de gráficos, a evolução dos casos confirmados, dos óbitos e a proporção entre os casos confirmados e os óbitos na cidade de Itaituba.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Nos boletins epidemiológicos publicados em 20/5 e 08/06, há os seguintes dados


20/05: óbitos-08; confirmados-186; suspeitos-498; recuperados: 18
08/06: óbitos-29; confirmados-1.182; suspeitos-1.743; recuperados: 662.
Ou seja, em 19 dias, houve uma grande explosão em todos os dados, inclusive, graças a Deus, nos casos recuperados, sendo que um dos maiores aumentos aconteceu no item 'confirmados', chegando a quase 7 vezes mais que o registrado em 20/5. Mas o melhor índice foi o de recuperados, que teve um salto de quase 37 vezes sobre os dados de 20/05.


Nenhuma descrição de foto disponível.

No primeiro quadro abaixo, mostra a evolução do covid-19 entre os dias 20 de maio a 8 de junho, com um aumento médio de 11,3% dos casos confirmados, conforme dados extraídos dos boletins epidemiológicos
. Registre-se que os dados para a confecção desses gráficos foram retirados dos boletins epidemiológicos publicados pela Prefeitura de Itaituba-PMI em sua página do Facebook.

Os maiores aumentos nos casos confirmados se deu entre os dias 01 e 02/06 e entre os dias 04 e 05/06, com um aumento de 130 e 302 novos casos confirmados, respectivamente. Mas conforme o Secretário de Saúde, Adriano Coutinho, a tendência é aumentar ainda mais os casos de confirmados por causa das testagens que estão sendo feitas em grande número, sendo que a Secretaria de Saúde-SEMSA pretende fazer uns 2 mil testes até o fim do mês em curso.

Até a data de hoje, conforme o último Boletim emitido pela PMI às 18 horas de hoje, 8, já são 1.182 casos confirmados de covid-19, com 10 internados e com 662 recuperados; dos casos suspeitos, 1.743, somente um está internado e foram descartados 662 casos!

ÓBITOS

Já a taxa média de crescimento dos óbitos em Itaituba por covid-19 é de 7,7%, conforme gráfico abaixo, com um total até a data de hoje, 8, de 29 óbitos no período de 20 de maio a 08 de junho, sendo que a maior quantidade de óbitos registrados, deu-se entre os dias 06 e 08 de junho, com mais quatro óbitos.

Porém, sabe-se que, tanto nos casos suspeitos e confirmados, também há subnotificação nos óbitos por covid-19, mas a Prefeitura de Itaituba, sudoeste do Pará, procura ao máximo ficar cientes dos casos que ocorrem em Itaituba, pois a rede de saúde está atenta, bem como boa parte das pessoas que sentem os sintomas, ou desconfiam de que são portadoras do coronavírus, procuram os postos de saúde em busca de tratamento.


RELAÇÃO ÓBITOS X CONTAMINADOS

A relação entre os óbitos e os casos confirmados é mostrada no gráfico abaixo, com queda continuada. Isso porque há um grande aumento nos casos confirmados com coronavírus, que se deve ao grande número de  testagens efetuadas pela SEMSA, assim como houve um grande aumento nos casos de recuperados, um significativo aumento de quase 37 vezes sobre o quantitativo apresentado em 20/5, que foram de 18 casos recuperados.

Assim, diante do quadro de aumento dos casos confirmados, os óbitos não seguem o mesmo padrão, graças a Deus, apesar de terem algumas pequenas variações para cima nos dias 24/05 (3,75%),  26/05 (3,50%), sendo que no dia 29/05 teve o mesmo pico do dia 24, com percentual de 3,75% sobre os casos infectados. Porém, no início do período analisado, esse percentual era de 4,25% sobre os contaminados. Entretanto, apesar da tendência de baixa no percentual entre óbitos versus contaminados, que se manterá, no dia 6 do corrente mês, houve um ligeiro aumento, mas pequeno ante a queda constante desse percentual, o que é uma boa notícia, relativamente!


Apesar de algumas notícias ruins, temos notícias muito boas, como o aumento de leitos no Hospital Regional de Santarém e Hospital de Campanha de Santarém para tratamento da covid-19, para onde a Prefeitura de Itaituba emprestou quatro respiradores de nossa cidade, posto que tal equipamento estava sem uso em Itaituba porque a usina de oxigênio não está em funciomento, afirmando, ainda o prefeito Valmir Climaco (MDB) em áudio que, provavelmente  até o dia 20/06 estará em funcionamento a usina de oxigênio, concluindo  que nesta semana foram comprados R$50 mil em testes rápidos; também não podemos olvidar, entre as boas notícias, da disponibilidade de aeronaves para o transporte dos doentes mais graves para Santarém, bem como, conforme o Secretário de Saúde, de que a taxa de ocupação hospitalar está estável há 2 semanas, com a UPA tendo ocupação de 45% dos leitos por covid-19 e, no Hospital Municipal de Itaituba, a ocupação por doentes do covid-19 é zero.

Se todos ajudarem, daqui para a frente, as notícias boas serão mais constantes.
Author Image
AboutNSussuarana

Soratemplates is a blogger resources site is a provider of high quality blogger template with premium looking layout and robust design

Nenhum comentário: