7 de junho de 2020

MALWARE - CUIDADO COM SEU CELULAR E SEUS DADOS

0
Relatório da Upstream traz informações sobre apps maliciosos no Android e dados sobre o primeiro trimestre de 2020

Por Clara Fabro, para o TechTudo

Mais de 8,9 milhões de celulares Android foram infectados com malware nos primeiros três meses de 2020 no Brasil, o que significa um aumento de 29% sobre o mesmo período no ano passado. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (3) pela Secure-D, plataforma anti-fraude da Upstream, que cobre mais de 31 operadoras de telefonia em 20 países.


O relatório da Upstream se especializa em malwares que lucram com a exibição de anúncios e com cobranças indevidas, o que resulta em transferências duvidosas para a vítima. Brasil, Indonésia e Tailândia são os países que registraram o maior crescimento de transações bancárias fraudulentas no primeiro trimestre. Segundo o levantamento, a Secure-D identificou e bloqueou 290 milhões de operações suspeitas, o que corresponde a cerca de 89% do total de 326 milhões de transações realizadas, e indica um aumento de 55% de fraudes bancárias em celulares em nível global.

Relatório da Upstream detectou mais de 98 mil aplicativos maliciosos para Android — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

De acordo com o relatório da Upstream sobre fraudes de anúncios e uso de malwares nos smartphones em 2019, o Brasil está entre os principais alvos de ações maliciosas por ser um mercado em ascensão para os cibercriminosos. Ano passado foram encontrados mais de 55 mil aplicativos maliciosos ativos no país, sendo mais de 23 milhões de dispositivos infectados no país. Além disso, cerca de 91% das 986 milhões de transações bancárias realizadas no Brasil eram fraudulentas.

O relatório de 2019 chama atenção ao fato de que foram identificados mais de 98 mil aplicativos maliciosos para Android, dentre os quais 32 dos 100 mais perigosos estavam disponíveis para download na Play Store. Segundo a Upstream, o foco no sistema do Google se dá por ser o mais utilizado ao redor do mundo, representando cerca de 75% a 85% das vendas globais e, também, por ser uma plataforma de natureza aberta, o que deixa o sistema mais vulnerável.

Dentre os cinco aplicativos maliciosos de 2019 descobertos pela Secure-D, estão o aplicativo de compartilhamento de arquivos 4shared, além do Weather Forecast, VidMate, Videoder e Snaptube. Este último realizava compras sem o consentimento dos usuários e mais da metade das 70 milhões de transações fraudulentas atingiram brasileiros.

Código instalado no 4shared sem permissão de desenvolvedores fazia transações — Foto: Helito Bijora/TechTudo

O caso do 4shared é semelhante: o aplicativo continha um código malicioso, adicionado por uma empresa de marketing, que promovia operações financeiras escondidas. Estima-se que foram mais de 114 milhões de transações, que movimentaram cerca de US$ 150 milhões. Já o Vidmate exibia anúncios "invisíveis" e gerava cliques falsos e compras não-autorizadas, além de coletar informações pessoais, como número de IMEI e endereço de IP.

Os crimes de fraude de anúncios ocorrem principalmente por meio da instalação de um malware no celular da vítima. O aplicativo malicioso pode se infiltrar em lojas de terceiros, ou um app autêntico pode ser alterado para incluir códigos fraudulentos. Malwares desse tipo podem exibir publicidade em excesso, visitar páginas, visualizar anúncios, e até mesmo clicar sobre eles.

Como resultado, o smartphone pode apresentar problemas de superaquecimento, esgotamento de dados e cobranças indesejadas. Portanto, é importante prestar atenção a esses sinais e conferir informações do aplicativo antes de baixá-lo na Play Store. Além disso, é imprescindível ter um antivírus instalado no celular para detectar possíveis ameaças.
Author Image
AboutNSussuarana

Soratemplates is a blogger resources site is a provider of high quality blogger template with premium looking layout and robust design

Nenhum comentário: