22 de outubro de 2020

EDUCAÇÃO - FACULDADES PÚBLICAS TÊM MELHOR DESEMPENHO NO ENADE AVALIAÇÃO

0
Instituições públicas de ensino superior apresentam melhor desempenho no Enade 
Avaliação que mede a qualidade da educação superior foi divulgada pelo Inep 

O exame avalia o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos no curso de graduação 
Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil 

Os cursos das instituições públicas de ensino superior apresentaram desempenhos maiores que os das instituições privadas no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2019. Os resultados do Enade foram divulgados nesta terça-feira (20) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 

O exame avalia o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos no curso de graduação. A cada edição são avaliados grupos de cursos. Dos cursos enquadrados na faixa 5, melhor nota do indicador, 81,4% são de instituições públicas, enquanto 18,6% correspondem a instituições privadas. O dado faz parte do Conceito Enade, calculado a partir dos desempenhos dos estudantes concluintes dos cursos de graduação no Enade. 

O Enade 2019 mostra ainda que 60% dos estudantes concluintes são beneficiados por subsídios ou financiamentos públicos, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa Universidade para Todos (ProUni). Dos que receberam subsídio do Governo Federal, 71% são os primeiros da família com acesso ao ensino superior. 

Dentre as 1.225 instituições participantes, 85% são privadas, enquanto 15% são públicas. Os estudantes da rede privada foram maioria (76%) entre os avaliados no Enade 2019. Em relação ao perfil dos participantes, 55% são mulheres e 45% homens. Ao todo, 84,6% têm entre 18 e 33 anos.
 
Curso avaliados 

No Enade 2019 foram avaliados cursos de bacharelado em engenharia, arquitetura e urbanismo, ciências agrárias, ciências da saúde e áreas afins, além dos cursos tecnológicos nas áreas de ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e de segurança. 

Levando em consideração o desempenho dos estudantes nas provas, os cursos são classificados seguindo uma escala de 1 a 5. O conceito 3 é uma espécie de média. Aqueles que tiveram um desempenho menor que a maioria recebem conceitos 1 ou 2. Já os que obtiveram desempenho superior, recebem os conceitos 4 ou 5. 

O objetivo do exame, segundo o presidente do Inep, Alexandre Ribeiro Pereira Lopes, é dar subsídios para aprimorar o ensino superior no país. 

“Temos alunos espalhados pelo Brasil tendo grandes resultados. O objetivo do Enade não é fazer ranking e sim prestar um conjunto de informações para a sociedade e avançar os estudos para melhorar a qualidade do ensino”, disse.

Ensino presencial predomina 

De acordo com o exame, 371.692 estudantes concluíram a educação superior por meio do estudo presencial e 18.151 por educação a distância (EaD). Entre os presenciais, 20,7% obtiveram conceito 4 e 6,3%, conceito 5. No ensino a distância, 10,7% alcançaram conceito 4 e 6%, conceito 5. Cerca da metade desses cursos ficou “abaixo da média”, 46% com conceito 2 e 5,3%, com conceito 1. 

“O resultado está dentro do esperado e agora é importante mergulharmos nos dados para melhorarmos a qualidade da educação no Brasil”, afirmou o presidente do Inep.
Author Image
AboutNSussuarana

Soratemplates is a blogger resources site is a provider of high quality blogger template with premium looking layout and robust design

Nenhum comentário: