14 de maio de 2020

SÃO PAULO/SP - PRESA POR ENGANO HÁ 3 ANOS, DANÇARINA É ABSOLVIDA

0
Bárbara Querino compartilhou uma imagem da decisão judicial na quarta-feira (13

PRISCILLA GEREMIAS
DO HOME OFFICE

Após quase três anos presa por engano, a modelo e dançarina Bárbara Querino, mais conhecida cmo Babiy, foi absolvida na quarta-feira (13). Em suas redes socias, ela escreveu sobre o caso e compartilhou a imagem da decisão judicial: "Notícia mais que incrível".

"É com o coração cheio de alegria, os olhos cheios e lágrimas que venho dar essa notícia para vocês. Finalmente saiu a resposta da minha audiência, desde outubro do ano passado eu estava aguardando ansiosamente um parecer da justiça. E hoje venho informar que finalmente FUI ABSOLVIDA, DIA 13 DE MAIO DE 2020", escreveu Babiy.
Bárbara Querino é absolvida de crime (Foto: Reprodução)

Em 2017, Babiy foi reconhecida como cúmplice de um roubo na cidade de São Paulo. As vítimas a identificaram de costas pelo cabelo crespo. Na ocasião, a dançarina alegou que estava trabalhando no Guarujá, litoral do estado e desde então denuncia o caso como racismo.

LEIA SOBRE O CASO


Na decisão judicial de 13 de maio, o desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, Guilherme Souza Nucci, considerou peculiar o reconhecimento da modelo já que o cabelo dela não apresenta nenhum traço diferencial que a pudesse identificar. 

Em entrevista à Marie Claire, Babiy diz que recebeu a notícia por telefone: "Meu coração estava disparado e as mãos geladas. Estou feliz pra caramba, mas ao mesmo tempo muito reflexiva. Porque eu tive que passar por tudo isso para hoje o Estado reconhecer o seu erro e, mesmo com absolvição, isso não apaga o que eu passei. O que foi ficar presa sem tem culpa. Batendo o pé de que 'não fui eu, não fui eu'. Por momentos eu desisti de mim mesma e graças a minha família, aos orixás e meus amigos que não desistiram fez com que eu conseguisse levar isso de cabeça erguida", afirma. 
Bárbara Querino, conhecida como Babiy (Foto: Arquivo pessoal)

Babiy foi presa no dia 16 de janeiro de 2018, acusada de integrar uma quadrilha que roubou um carro e joias de luxo em um bairro nobre de São Paulo no dia 10 de setembro de 2017. Bárbara foi condenada a cinco anos e quatro meses de prisão por assalto à mão armada e cumpriu mais de um terço da pena.

A modelo e dançarina recebeu alvará de soltura em 10 de setembro do ano passado e desde então estava aguardando seu julgamento em liberdade. Em entrevista à Marie Claire, na época, ela contou que, ainda desacreditada da liberdade, o mais difícil era voltar a rotina e ter um trabalho com a "carteira suja".

No Twitter, Babiy ainda escreveu que estava "sem acreditar". "Me tremo toda, choro de alegria, choro de alívio. Estava numa falsa liberdade e finalmente esse peso passou. Eu não PODIA ter sido presa, eu não PODIA ter passado por tudo isso, para que neste dia a verdade viesse a tona. Mesmo diante e tamanha felicidade, também choro pela nossa 'justiça' brasileira. Choro por fazerem pessoas inocentes passarem pelo que passei. Esú não falha! Orisá nao falha! Eu sou a prova viva! NÃO FOI EM VÃO", disse.
Author Image
AboutNSussuarana

Soratemplates is a blogger resources site is a provider of high quality blogger template with premium looking layout and robust design

Nenhum comentário: