BELTERRA/PA - MARIDO CONFESSOU TER MATADO A ESPOSA APÓS BEBEDEIRA

Polícia prende homem acusado de matar esposa em Belterra
Corpo da vítima foi encontrado dentro de um veículo

Pedro Paulo Menezes é o principal suspeito de ter matado Sara da Silva Menezes

O eficiente trabalho da Polícia Civil desvendou em tempo recorde o assassinado de Sara Celione da Silva Menezes, de 36 anos, que foi encontrado morta dentro de um veículo na Estrada 5, às proximidades da Embrapa, no município de Belterra, no oeste do Pará, na manhã desta segunda-feira, dia 23.

Após investigação, a Polícia prendeu Pedro Paulo Ramos Menezes, de 41 anos, natural de Santarém – Pará, esposo da vítima.

Segundo informações, Pedro Paulo já tinha um histórico de violência por ciúme de sua esposa, e no domingo (22), à noite, após consumirem bebida alcoólica houve uma briga entre os dois e resultou nesse feminicídio.

Pedro Paulo foi levado para a Delegacia de Polícia de Belterra, onde confessou o crime e foi autuado em flagrante, sendo que após os trâmites será encaminhada à Penitenciária Silvio Hall de Moura. De acordo com as primeiras informações, durante o depoimento, o acusado disse que após um briga atingiu violentamente a companheira no pescoço e depois a levou no carro da família para as matas da Embrapa onde o corpo foi encontrado às 8 horas da manhã desta segunda-feira.

Entenda o caso

Corpo foi encontrado despido e um veículo foi abandonado no local

Apesar do medo da pandemia do coronavírus que se alastra por todo o mundo, quando se pede para que as pessoas não saiam de suas casas, a ação de criminosos não para. Um crime chocante aconteceu no município de Belterra, no Pará.

Uma mulher foi assassinada e seu corpo foi encontrado despido dentro de um veículo na estrada da Embrapa, na manhã desta segunda-feira, dia 23 de março. Segundo uma fonte, o veículo foi abandonado no local.

A mulher foi identificado. Trata-se de Sara Celione da Silva Menezes, de 36 anos. O corpo foi encontrado na Estrada 5, entre as Estradas 4 e 6.

Uma equipe da Polícia Militar está no local. A Polícia Civil também já está fazendo as primeiras investigações. Segundo a Polícia, o crime pode ter sido passional, mas nada está confirmado. Ela seria prestadora de serviço na residência de um político de Belterra. A Polícia está ouvindo neste momento um homem que seria funcionário de uma empresa localizada na BR-163 que teria falado com ela, na manhã desta segunda-feira (23), antes das 7 horas.

Fonte: Portal Santarém

Postar um comentário

0 Comentários