30 de março de 2022

SÃO PAULO - PROFESSORA É FLAGRADA AGREDINDO BEBÊ DE UM ANO

0
Mãe havia percebido mudanças no comportamento da filha, que não queria mais pentear os cabelos, se assustava com facilidade e chorava para não ir à escola. Ela decidiu checar as câmeras de monitoramento e encontrou as agressões

Uma professora foi flagrada agredindo um bebê de 1 ano e 10 meses na ‘Escola Paris’, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Nas imagens, é possível ver que a docente puxa o cabelo da menina e faz movimentos bruscos com a cabeça da criança.

Nas redes sociais algumas pessoas descreveram a cena como absurda e maldosa. “Meu Deus, quanta maldade, como fica o coração dos pais da família?”, questionou uma internauta. “A Justiça tem que cuidar deste caso com todo rigor e para servir de exemplo”, disse outro.


“Infelizmente, está ficando cada dia mais comum esse tipo de comportamento. A pessoa tem todos os requisitos, diploma, mas falta o mais importante: amor, afeto, paciência, amar a profissão. Estão ali apenas pelo salário, e nossas crianças pagando por isso. Absurdo, lamentável. Para trabalhar com crianças é preciso paciência”, observou mais um.

A escola se posicionou sobre a situação e afirmou que a profissional foi exonerada do cargo por justa causa, já que “agiu contra os princípios e preceitos educacionais”.

Segundo o advogado da família da vítima, a mãe notou marcas vermelhas no rosto da criança ao buscá-la na escola no dia 15 de março. A unidade tem um sistema de monitoramento, e a mãe conseguiu acessar o momento das agressões.

“A família espera que ocorra uma ampla investigação. A família quer saber se foi uma prática isolada ou se aconteceu de forma reiterada. Também é uma preocupação da família que a investigação ocorra de maneira efetiva, para que a família fique sabendo se isso, eventualmente, possa ter ocorrido com outras crianças”, explica o advogado.

Antunes afirma que a mãe da criança havia observado mudanças no comportamento da filha, que não queria mais pentear os cabelos e se assustava com facilidade. “Ela já vinha percebendo que a filha estava com algumas alterações de comportamento, estava mais assustada, chorando para ir à escola. Falavam para ela que é coisa da idade, mas ela percebia que o sono da criança estava diferente, com pesadelos”.

Confira a íntegra da nota da Escola Paris:

“A família Paris, na manutenção da qualidade e transparência de seus trabalhos, vem através desta lamentar o ocorrido; infelizmente a ocorrência da conduta inadequada de uma funcionária, sendo a mesma exonerada de imediato por justa causa, foge aos princípios e preceitos educacionais e socioemocionais, onde é totalmente inadmissível qualquer comportamento, fala ou ato que venha constranger ou se quer prejudicar o alicerce familiar de suas crianças. A transparência sempre foi e sempre será o balizador da nossa escola, seguindo com competência, amor e dedicação. Sendo assim, em qualquer situação cotidiana ou inesperada aos nossos comprometimentos e responsabilidades, estamos abertos a esclarecimentos e prontos a atendê-los”.
Menina agredida
Author Image
AboutNSussuarana

Soratemplates is a blogger resources site is a provider of high quality blogger template with premium looking layout and robust design

Nenhum comentário: