17 de setembro de 2020

ITAITUBA/PA - NÃO PROCEDE A DENUNCIA DE QUE BEBÊ MORREU EM MORAES DE ALMEIDA POR NEGLIGÊNCIA

0

As redes sociais itaitubenses foram impactadas com a notícia do Giro Portal de que um recém nascido faleceu na comunidade de Moraes de Almeida, distrito de Itaituba/PA, por negligência do posto de saúde daquela comunidade, por não ter fornecido uma ambulância para levar a grávida até a cidade de Novo Progresso/PA, cidade com mais condições para o caso da paciente.

Imagem: Giro Portal

Em contato com a Secretaria de Saúde-SEMSA itaitubense, esta informou que todo o suporte foi dado à paciente e, conforme relatório datado de 10/09/2020, imagens abaixo, do Posto de Saúde da comunidade de Moraes de Almeida, há informação de que a grávida chegou ao posto de saúde por volta das 00h45min, procedente de região garimpeira, garimpo do Caiú-Cuiú, já em trabalho de parto, sendo atendida primeiramente por uma técnica em enfermagem, que alertou a grávida que aquele Posto de Saúde não realizava tal procedimento (parto); a puérpura pediu para ser levada para Itaituba, mas a técnica disse que não tinha como; que a gestante deveria ir para Novo Progresso/PA imediatamente e por ser mais perto; imediatamente, a técnica chamou a enfermeira que estava de sobre-aviso, e esta perguntou à parturiente se era o primeiro bebê dela, tendo respondido que era o segundo, sendo que o primeiro também nasceu prematuro de 6 meses, ressaltando ainda que estava grávida de 7 meses.

A enfermeira alertou à gestante que ela deveria ter ido direto para Novo Progresso, mas a paciente disse que não queria ir para Novo Progresso, mas para Itaituba. Em seguida, a grávida saiu à procura de uma tia para levá-la até Itaituba.

Salienta-se que há um acordo entre os municípios de Novo Progresso e Itaituba quando a questão médica, haja vista que a distância entre Itaituba e Moraes de Almeida é de 300 quilômetros, sendo que de Moraes a Novo Progresso, são apenas 100 quilômetros.

Por volta das 4h34min da madrugada, a enfermeira foi surpreendida com a notícia, dada pela técnica em enfermagem-TeE, de que a grávida ainda estava em Moraes de Almeida, relatando a TeE que a acompanhante da grávida relatou que ela estava com dor na sua residência. De imediato, a enfermeira acionou o motorista da ambulância e, juntamente com este, foram até a casa aonde se encontrava a grávida, que estava dentro do banheiro, relatando à enfermeira que "o bebê nasceu de pé e estava todo roxinho".

Diante dessa situação, de imediato a enfermeira fez os devidos procedimentos e levou o bebê e a mãe para Novo Progresso, sendo que a criança faleceu em Novo Progresso, apesar de todo os cuidados dispensados pelo corpo técnico do Posto de Saúde.

Afirmou a SEMSA que o óbito não se deu por negligência, mas por prematuridade extrema, sendo que pelo histórico de gravidez da paciente, que teve seu parto do primeiro filho com 6 meses, que também faleceu, a grávida deveria ter procurado um centro médico mais avançado, como Novo Progresso ou Itaituba, posto que a comunidade de Moraes de Almeida ainda não possui condições médicas para atender caso complexo, como o abordado nesta matéria, principalmente porque a grávida não tinha feito o pré-natal, apesar de seu quadro de gravidez de risco. 


Ressalta a SEMSA que, diante da exposição negativa causada pela reportagem, pois quem fez a denúncia não foi a mãe do recém nascido e nem ninguém da comunidade de Moraes de Almeida, mas uma mulher que nem sequer estava presente naquele momento, e por isso a tia da parturiente, diante das notícias sem fundamento, procurou o Posto de Saúde e pediu desculpas pelos transtornos causados a todos da comunidade e, principalmente, à enfermeira e à técnica em enfermagem.

A Secretaria de Saúde municipal lamenta o ocorrido e se solidariza e coloca-se à disposição da família neste momento de dor, bem como parabeniza o corpo técnico do Posto de Saúde de Moraes de Almeida ela condução exemplar no presente caso.

Author Image
AboutNSussuarana

Soratemplates is a blogger resources site is a provider of high quality blogger template with premium looking layout and robust design

Nenhum comentário: