1 de julho de 2020

ITAITUBA/PA - HOSPITAL REGIONAL: UMA SAGA MORTAL

0
O Hospital Regional do Tapajós-HRT, há muito um acalentado sonho de itaitubenses e de municípios circunvizinhos que se beneficiarão do Hospital, vem se transformando em um grande drama, principalmente neste momento de pandemia, quando já faleceram quase 60 itaitubenses, e nada do HRT ser inaugurado.

O sonho do HRT começou a ser construído em 2013 no final do segundo mandado de Simão Jatene, que se reelegeu em 2014 usando a construção do HRT em campanha. Desde 2014 tal construção vem se transformado em pesadelo de milhares, mas em 'ganho' político de poucos!

O HRT terá capacidade para atender cerca de 250 mil pessoas, contemplando, além de Itaituba, os municípios de Novo Progresso, Trairão, Jacareacanga, Aveiro e Rurópolis. A obra representa um investimento de quase R$180 milhões, e conta com financiamento da Caixa Econômica Federal-CEF, e outros.

Imagem: Marcos Santos - Ag. Pará

Apesar da garantia desse aporte financeiro pela Caixa, bem como depois de vários e diversos aditivos e muitos milhões de aportes financeiros, como os R$70 milhões conseguido através de um empréstimo do governo estadual em 2012, no valor total de R$1,9 bilhão, sendo que os 70 milhões, conforme reportagem da época, seriam para a construção e aparelhamento do Hospital Regional, até agora nada de inauguração do HRT e ninguém sabe, ou quase ninguém, donde foram parar tantos milhões, pois a obra está em passos de cágado perneta!

A Unidade de Pronto Atendimento-UPA só saiu, em parte, do eterno abandono porque o governo municipal itaitubense tomou a iniciativa de aparelhar a UPA com equipamentos comprados de recursos de emendas parlamentares e de recursos próprios do município. O Estado ficou inerte.

O hospital foi projetado para ofertar atendimento de alta complexidade, com uma estrutura para 170 leitos, sendo 30 de Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs), 10 para a UTI adulto, 10 para a neonatal e 10 para a pediátrica. A população terá acesso quando for inaugurado, às seguintes especialidades: clínicas médica e cirúrgica, pediatria e obstetrícia, além de leitos para isolamento; dos serviços de mamografia, ressonância magnética, tomografia, raio X, ultrassonografia, endoscopia e terapia renal substitutiva.

A construção do Hospital Regional passou por várias fases, e sempre sob a responsabilidade do Consórcio Nova Saúde, que chegou a ser afastado da construção do Hospital em 2017, mas após mais um aditivo reassumiu as obras dos hospitais de Itaituba e do Abelardo Santos, com recursos advindos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de R$ 320 milhões – R$ 124 milhões para o Hospital de Itaituba e de R$ 196 milhões para o Abelardo Santos – valores de junho de 2013. A entrega estava prevista, em contrato, para dezembro de 2014, mas houve três aditivos para dezembro de 2015, março de 2017 e abril de 2017. Dos R$124 milhões previstos na obra do HRT, a soma já chega a R$180 milhões...Porém, nada de inauguração.

E, diante de tantas desculpas, como a de que não havia no projeto original o  saneamento para as águas do HTR, o atual governo estadual informou que, por não ter sido repassado pelo governo anterior as especificações dos equipamentos médicos a serem instalados no HRT, houve atraso na entrega em definitivo da obra. Porém, já tem mais de um ano e meio do fim do governo passado. Então....

Em 19/5/2020, o governador Hélder, conforme notícias no portal na Agência Pará¹, informou que foram investidos "...R$ 42 milhões para permitir a entrega do Hospital de Itaituba, o Hospital Regional do Tapajós, com 164 leitos; (...) Portanto nós estamos ampliando a nossa estrutura em saúde (...) compromissos que nos havíamos firmado com a população”.

Porém, apesar de tantas promessas, o HRT ainda não foi inaugurado, os 'pais' da obra sumiram, inclusive vereador santareno publicou outdoor na cidade de Itaituba agradecendo pela entrega da obra. Mas nada de inauguração!

No dia 5 do mês em curso, o secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, Ruy Cabral, visitou as instalações do Hospital Regional do Tapajós, acompanhado por representantes da Casa Civil da Governadoria, vistoriou os trabalhos de adequação do prédio onde vai funcionar a unidade de saúde, e que estão sendo executados em caráter de urgência e, em duas semanas, 19/06, a unidade seria entregue à população. Mas nada de inauguração.

Diante de tantas demoras sem sentidos, diversos protestos já foram feitos, seja em frente ao HRT ou nas redes sociais. O último protesto foi de indígenas da etnia munduruku, conforme blog Giro Portal.

Porém, este blog soube que não teve a inauguração do HRT no último dia 26 pretérito porque houve atraso na entrega dos tanques de oxigênio, problema que já está sendo resolvido. E, conforme o blog Giro Portal, a Secretaria de Saúde do Pará-SESPA informou que a inauguração do HRT está prevista para a primeira quinzena de julho do corrente ano. Agora, é só aguardar o mais breve possível a inauguração do HRT. 

Nós agradecemos!


Fonte:
Author Image
AboutNSussuarana

Soratemplates is a blogger resources site is a provider of high quality blogger template with premium looking layout and robust design

Nenhum comentário: