17 de junho de 2020

BANCOS - BANCO CENTRAL VAI ACABAR COM TED E DOC

0
Em mais um movimento rumo a digitalização da economia nacional o Banco Central do Brasil publicou a Circular 4.027 que institui oficialmente o Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI).

Além do SPI a circular também institui a Conta de Pagamentos Instantâneos (Conta PI). 

Ambos os sistemas integram o PIX, sistema de pagamentos instantâneos do BC que pode "acabar" com as transações de TED e DOC.
PIX

O PIX, do qual trata a Circular 4.207 pretende atender a demanda por pagamentos rápidos, baratos e seguros, assim como o Bitcoin e as criptomoedas.

No PIX, diferente do que ocorre hoje, será possível transferir dinheiro entre contas 24 horas por dia, 7 dias por semana e com tempo máximo de 10s. Cerca de mil instituições se preparam para ofertar o PIX a seus clientes ainda este ano, bem como já é possível consultar a lista de instituições que estão em processo de adesão para ofertar o pagamento instantâneo a partir de novembro.

​Para fazer um PIX e realizar pagamentos ou transferências em poucos segundos, somente a partir de 03 novembro do ano em curso, quando novo sistema entrará em vigor. Mas a lista de instituições que solicitaram adesão junto ao Banco Central (BC) e estão preparando e testando seus sistemas para oferecer esse serviço já está disponível. Confira se a instituição em que você tem conta pretende ofertar o PIX desde o lançamento.

Ao todo, 980 instituições financeiras e de pagamento estão participando da etapa de homologação. Há uma grande variedade de tipos de entidades que desejam ofertar o PIX. Bancos, cooperativas e fintechs, por exemplo, estão nesse grupo. Esse resultado evidencia o grande interesse do mercado em oferecer este novo meio de pagamento, criado pelo BC, que permitirá pagar e receber em questão de segundos, a qualquer hora e em todos os dias do ano, de forma segura e prática.

"Parabéns a todas essas instituições", exalta o diretor de Organização do Sistema Financeiro e de Resolução, João Manoel Pinho de Mello. "As instituições cuja participação é obrigatória demonstraram muito comprometimento em todo o processo de construção do PIX, e aquelas que vieram facultativamente abraçaram o desafio de transformar a indústria de pagamentos."

O prazo para solicitar a adesão terminou em 1º de junho, com o cadastro das instituições cuja participação no PIX é facultativa. Se a instituição em que você tem conta não participar do PIX desde o seu lançamento, ela terá nova janela de oportunidade a partir de dezembro.

"O PIX fomentará a eletronização dos pagamentos dos mais variados públicos, trazendo eficiência ao mercado e reduzindo custo com dinheiro físico", complementa Pinho de Mello.

As instituições de pagamento não reguladas pelo BC participam mediante contratação de participante responsável, que avaliará a capacidade técnico-operacional e a integralização do capital mínimo requerido, além de atuar como liquidante.

Para acessar o conteúdo da circular, click aqui.



Fonte:
Author Image
AboutNSussuarana

Soratemplates is a blogger resources site is a provider of high quality blogger template with premium looking layout and robust design

Nenhum comentário: