BELÉM/PA - CARRO QUE COMANDOU CARREATA É APREENDIDO POR ATRASO NO LICENCIAMENTO E MULTAS

Veículo foi apreendido pelo Detran e o valor será revertido para compra de luvas e máscaras. Segundo o delegado geral, Alberto Teixeira, 11 pessoas foram autuadas e líderes da manifestação podem responder por formação de organização criminosa.

Por Taymã Carneiro, G1 PA — Belém
Motoristas são autuados em carreata contra o isolamento social no Pará. — Foto: Reprodução / Agência Pará

Um carro responsável por comandar a carreata pelo centro de Belém neste domingo (29) foi apreendido pelo Departamento de Trânsito do Pará (Detran-PA). Onze pessoas foram encaminhadas para a delegacia da Cremação, por descumprimento de decreto estadual. Segundo o delegado geral de Polícia Civil, Alberto Teixeira, o grupo deve assinar um termo de compromisso e os líderes do movimento podem ser presos por formação de organização criminosa.

Segundo o órgão, o veículo apreendido estava com licenciamento atrasado desde 2015, com acúmulo de multas acima de R$22 mil. O valor deve ser revertido em ações de combate à pandemia, como aquisição de 600 caixas com luvas e 3000 máscaras.

Outros três veículos foram apreendidos, entre eles uma caminhonete e uma moto, durante a operação que envolveu todos os órgãos de segurança do Estado.

A infração de medida sanitária preventiva está prevista no artigo 268 do Código Penal, e prevê detenção de um mês a um ano, e multa.

Líderes de manifestação podem ser presos por formação de organização criminosa. — Foto: Reprodução / Agência Pará

A manifestação teve cerca de 15 veículos e iniciou na praça da República, seguindo pela av. Nazaré. No percurso, motoristas fizeram buzinaço contra medidas de distanciamento social, impostas por decreto do Governo do Pará, para o combate ao novo coronavírus. Os manifestantes pediam a abertura total do comércio e suspensão das medidas de quarentena, contrariando recomendações das autoridades da área da saúde.

Manifestantes fazem carreata por fim de quarentena e são barrados pela polícia em Belém — Foto: Arthur Sobral/G1 PA

Durante o percurso, os manifestantes foram bloqueados na av. Magalhães Barata entre a avenida Alcindo Cacela e travessa Nove de Janeiro, em Frente ao Museu Emílio Goeldi, no bairro de São Brás, por viaturas da Polícia Militar, Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros, da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) e do Departamento de Trânsito do Pará (Detran).

No último sábado (28), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fez alerta sobre os riscos das aglomerações no momento e comentou as carreatas que foram realizadas pelo país. "Fazer movimento assimétrico de efeito manada agora... Nós vamos, daqui a duas semanas, três semanas, os mesmos que fizerem [carreata] vão ser os mesmos que vão estar em casa", disse em entrevista coletiva.

No vídeo acima, manifestante bolsonarista, que sempre pediu pela volta da intervenção militar, reclama da 'ditadura militar'. Vai entender esse povo.

"Além dos 11 detidos, 16 pessoas, proprietárias de veículos que estavam na carreata, foram enquadradas no artigo 174 do Código de Trânsito Brasileiro: participar na via como condutor em evento organizado sem permissão; uma por dirigir com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida e um por transitar com o veículo em mau estado de conservação", diz o estado, em um comunicado.

Postar um comentário

0 Comentários