ITAITUBA/PA - CARTEIRA DE MULHER QUE ACUSOU MOTOTAXISTAS, TINHA SIDO ESQUECIDA EM CAIXA DE FARMÁCIA

O valor de R$ 3.500,00 estava dentro da carteira, que é de propriedade de um casal que acusava mototaxistas de terem cometido um furto.
Entrega feita à uma pessoa ligada à família dos proprietários da carteira.

O caso envolvendo dois mototaxistas que eram acusados, por uma cliente, de terem furtado uma carteira com uma alta quantia em dinheiro, ganhou repercussão nos últimos dias em Itaituba. O Giro publicou uma notícia contando as duas versões, a do casal proprietário da carteira, com base em informações da polícia civil, e a dos mototaxistas, representados pelo presidente da classe, Romilson Campos.

A senhora, por conta do acontecido, foi à Polícia Civil onde fez, com toda segurança, sérias acusações contra os dois mototáxistas e contra toda a classe doastrabalhadores sobre duas rodas, inclusive falando que eram ladrões.

O casal afirmava que a carteira havia sido furtada após uma corrida, realizada na última sexta-feira, onde ao fim do trajeto, a bolsa teria caído em via pública e um dos mototaxistas teria pego (N. do Blog: Ora, se a bolsa caiu em via pública, não é furto e nem roubo, o que configura a precipitação do casal acusador)

Por outro lado, os mototaxistas estiveram na delegacia e afirmaram que eram inocentes, negando todas as acusações.

Documento do esposo da acusadora 

Após toda a péssima repercussão do caso através das redes sociais e televisões, na manhã desta quinta-feira (16), e divulgação da notícia no Giro, uma mulher, que preferiu não se identificar, entrou em contato com nossa equipe de redação para informar que havia encontrado a carteira dentro de uma farmácia, onde o casal teria deixado.

Ao Giro, a mulher afirma que tentou localizar o casal antes, porém, na carteira não havia nenhum endereço ou contato, somente o dinheiro e documentos. Ela conta ainda que descobriu o caso através da divulgação da matéria no portal Giro, momento em que consultou os nomes nos documentos e percebeu que se tratava do mesmo caso.

“Eles deixaram a carteira no caixa da farmácia, eu guardei e esperei que eles voltassem para buscar. Quando percebi que ninguém apareceu, na segunda-feira comecei a procurar algum endereço ou contato dentro da carteira, mas sequer contei o valor que havia dentro.” Disse a funcionária da farmácia.Identidade do proprietário da carteira.

Ainda na manhã de hoje a mulher conseguiu contato com o casal e realizou a entrega do objeto à uma pessoa ligada à família. Ao conferir o valor do dinheiro, junto ao receptor da carteira, havia exatamente R$ 3.500,00, dinheiro que, segundo os proprietários, seria para a realização de uma cirurgia.

Diante da reviravolta ocorrida no caso, o blog nortonsussuarana entrou em contato com o advogado Dr. Nivaldo Moreno, patrono de Antônio Eliauro Alves Bezerra, um dos mototáxista injustamente acusado, e informou que seu cliente fez ocorrência policial na data de hoje, por denunciação caluniosa, bem como irá pedir indenização por danos morais, ante o prejuízo sofrido por seu cliente ante tão sérias e graves acusações, que agora se mostram totalmente infundadas.

Abaixo, imagens da ocorrência feita por Antônio Bezerra.





Adaptado de postagem de Portal Giro

Postar um comentário

0 Comentários